Principal > Artigos
 
  Exclusão do ICMS da Base de Cálculo do PIS e da COFINS



Com a nomeação do ministro Luiz Fux para o Supremo Tribunal Federal deve ser finalmente decidido o imbróglio jurídico acerca da constitucionalidade ou não da inclusão do ICMS na base de cálculo do PIS e da COFINS, como hoje é cobrado dos contribuintes.

Essa disputa jurídica Fazenda x contribuinte vem se arrastando desde o ano de 1999 no STF e já contava com seis votos favoráveis aos contribuintes contra um a favor do Fisco, com a causa quase perdida para o Governo, quando esse, espertamente, ajuizou a Ação Declaratória de Constitucionalidade nº 18, visando a reverter o caso ou, no mínimo, ganhar tempo e continuar cobrando os tributos de maneira ilegal, fazendo caixa. Como dos seis ministros que votaram a favor dos contribuintes, cinco ainda continuam na ativa no STF e a mudança de votos pelos ministros não é uma prática normal, a derrota do Governo é muito provável.
Mesmo com esse quadro, temos um outro perigo para o contribuinte, qual seja, o Governo tentar influenciar o STF para que este aplique a modulação temporal  dos efeitos da decisão para os contribuintes que não entraram em juízo para o reconhecimento do direito, como já foi feito no ano de 2008. Nesse ano, na disputa sobre o prazo de dez ou cinco anos para a cobrança de débitos previdenciários, apenas os contribuintes que reclamaram na Justiça os cinco anos recolhidos a maior tiveram direito ao ressarcimento, ficando a União de posse de aproximadamente R$ 12 bilhões já pagos com base no prazo de dez anos declarado inconstitucional.

Urge que, dessa vez, a nossa Suprema Corte não se submeta às pressões da área econômica do Governo e não repita a colocação em prática desse instituto novo do Direito, antidemocrático e contrário aos princípios legalidade e da segurança jurídica, que é a modulação de efeitos de decisão. Uma precaução que pode ter o contribuinte seria a impetração de mandado de segurança contra a inclusão do ICMS na base de cálculo do PIS e da COFINS, pois, os que se socorreram do Judiciário na já referida ação de cobrança dos débitos previdenciários não realizaram prejuízos de pagar tributo inconstitucional  diferentemente dos contribuintes que permaneceram inertes, o que poderá repetir-se na ação objeto do nosso artigo.

Esse artigo foi produzido pelo Setor de Doutrina e Jurisprudência do Escritório Pinheiro Bittencourt Advogados e pode ser encontrado no site www.pinheirobittencourt.com.br.
   

REGULAMENTADA A COMPENSAÇÃO DOS PRECATÓRIOS FEDERAIS
Artigo publicado em 17/8/2011
Clique para acessar

O TRIBUTO TRATADO COMO CUSTO
Artigo publicado em 17/8/2011
Clique para acessar

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NA MIRA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL
Artigo publicado em 7/6/2011
Clique para acessar

Exclusão do ICMS da Base de Cálculo do PIS e da COFINS
Artigo publicado em 5/3/2011
Clique para acessar

Medida Provisória prevê mudanças nas compras governamentais para incentivar produtos e serviços nacionais
Artigo publicado em 21/1/2011
Clique para acessar

A Declaração de Serviços Médicos e de Saúde – DMED e a nova jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça em Relação aos Serviços Hospitalares.
Artigo publicado em 21/1/2011
Clique para acessar

MERCADO FINANCEIRO E TRIBUTAÇÃO
Artigo publicado em 20/9/2010
Clique para acessar

PREÇOS DE TRANSFERÊNCIA
Artigo publicado em 20/9/2010
Clique para acessar

A SÚMULA Nº 423, DO STJ, E A POSSIBILIDADE DE INCIDÊNCIA DO PIS E COFINS SOBRE A LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS
Artigo publicado em 21/7/2010
Clique para acessar

O ‘FAP’ E O AUMENTO DA CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE A FOLHA DE SALÁRIOS
Artigo publicado em 11/2/2010
Clique para acessar

A DECISÃO DO STJ SOBRE A INCIDÊNCIA DE PIS E COFINS NA LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS: MAIS DO MESMO
Artigo publicado em 4/11/2009
Clique para acessar

ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA MP Nº 449/08 - VEDAÇÃO A COMPENSAÇÃO
Artigo publicado em 4/3/2009
Clique para acessar

CANCELADA A SÚMULA Nº 276, DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
Artigo publicado em 9/2/2009
Clique para acessar

OS PARCELAMENTOS CONCEDIDOS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 449/2008
Artigo publicado em 21/1/2009
Clique para acessar

PROPOSTA DÁ ANISTIA ÀS DÍVIDAS DE COFINS
Artigo publicado em 5/11/2008
Clique para acessar

REVOGAÇÃO DO ADI RFB Nº 23/2008 E A ARRECADAÇÃO CUMULATIVA DO PIS E COFINS NO TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS.
Artigo publicado em 8/10/2008
Clique para acessar

PARCELAMENTO SIMPLIFICADO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL
Artigo publicado em 2/9/2008
Clique para acessar

A INDEVIDA EXIGÊNCIA DO ISS NA CONSTRUÇÃO CIVIL E INCORPORAÇÃO
Artigo publicado em 25/8/2008
Clique para acessar

A INCONSTITUCIONALIDADE DA PORTARIA CONJUNTA PGFN/SRF Nº 3/2004 E DO ATO ADMINISTRATIVO DE EXCLUSÃO DO PAES
Artigo publicado em 14/7/2008
Clique para acessar

Crédito acumulado de ICMS: as dificuldades de geração e utilização em face dos procedimentos formais
Artigo publicado em 2/4/2008
Clique para acessar

Questões polêmicas acerca da incidência do ISS na prestação de serviços de registros públicos e notariais
Artigo publicado em 11/3/2008
Clique para acessar

Liminar barra inclusão de receitas de exportações da base de cálculo da CSLL
Artigo publicado em 25/2/2008
Clique para acessar

TRF da 1ª e da 3ª Região admitem a exclusão do ICMS e ISS da base de cálculo do PIS e da COFINS
Artigo publicado em 25/2/2008
Clique para acessar

MP 413/08: Aproveitamento de créditos do PIS/PASEP e da COFINS.
Artigo publicado em 19/2/2008
Clique para acessar

Lei 12.785/07: alteração da vantagem fiscal de fabricantes de computadores sediadas fora do estado de São Paulo.
Artigo publicado em 15/2/2008
Clique para acessar

Ato declaratório Interpretativo RFB n°23/2008 – Restrição da arrecadação das contribuições ao PIS e COFINS pela sistemática cumulativa para os serviços de transporte coletivo de passageiros não executados por regime de concessão ou permissão.
Artigo publicado em 13/2/2008
Clique para acessar

REIDI – suspensão da exigência de PIS/PASEP e COFINS para obras de infra-estrutura destinadas ao ativo imobilizado, nos setores de transporte, energia, irrigação e saneamento.
Artigo publicado em 8/2/2008
Clique para acessar